Project Description

PROJETO INTEGRADO

O projeto foi concebido seguindo a metodologia do Processo Integrado, definido pelo padrão ANSI Consensus National Standard Guide 2012. Por meio desta metodologia a Equipe de Projetos iniciou suas atividades em conjunto, desde a concepção.

A Equipe de Projetos foi formada pelo cliente, por consultor de sustentabilidade, arquiteto, engenheiro eletricista, engenheiro de planejamento, engenheiro estrutural, projetista hidráulico, paisagista, construtor e o Agente de Comissionamento (CxA).

Histórico das atividades:

  • Em 5 de maio de 2014, a equipe realizou o seu primeiro trabalho, com a apresentação do que é uma construção sustentável seguindo os critérios da certificação LEED v4. Este primeiro encontro tinha como objetivo alinhar os conhecimentos da equipe e mostrar as vantagens de se trabalhar em conjunto desde o nascimento do projeto. A maioria dos projetistas era da região e não tinham experiência ainda com construções sustentáveis. Além disso, foram estabelecidas algumas tarefas de pesquisa para os integrantes, para que o segundo encontro tivesse informações para tomadas de decisões e definições de metas de desempenho. As tarefas de pesquisa eram compostas pelo estudo hidrológico da região, estudo do trajeto do sol, estudo do regime de ventos, materiais e estratégias para conforto térmico, equipamentos disponíveis na vizinhança, disponibilidade de transportes públicos e alternativos.
  • Na reunião seguinte, em 12 de maio de 2014, foram definidos critérios, premissas e metas para o projeto, com o auxílio do método do Project Model Canvas. A partir desta reunião foi possível criar o documento denominado OPR (Owner’s Project Requiriments), no qual constam todos os critérios do cliente e os resultados da reunião, servindo de apoio para os projetistas iniciarem a fase de projeto básico.
  • Quando os projetos básicos foram finalizados houve uma análise pelo CxA, a fim de garantir que os projetos estivessem sendo desenvolvidos de acordo com o OPR. Em seguida, após os ajustes de acordo com as considerações do CxA, o projeto foi submetido à 1º Simulação Energética, que tinha como objetivo avaliar o consumo anual de energia, o conforto térmico em cada ambiente e a incidência de luz natural. Com os resultados da simulação, uma nova reunião foi realizada com a Equipe de Projetos, com o intuito de definir correções que deveriam ser realizadas para tornar o edifício mais eficiente e confortável. Algumas das correções mais significativas realizadas foram: a substituição dos blocos de concreto celular de 12,5cm de espessura pelo de 15cm; inclusão de uma camada de 7cm de polietileno entre a laje e telhado verde; e redução da área de algumas janelas a fim de minimizar o ganho de calor interno.
  • Com a fase de projeto básico concluída, a Equipe de Projetos iniciou a fase de elaboração dos projetos executivos. Nesta fase os projetistas criaram em conjunto com os projetos um documento denominado BOD (Basis of Design). No BOD o projetista deve justificar os critérios, cálculos e materiais utilizados para definir as escolhas em projeto.

Após a entrega dos projetos executivos e seus respectivos BOD, o CxA fez uma nova avaliação para certificar que tudo estava em conformidade com o OPR. Para finalizar toda a fase de projetos, foi realizada a 2º Simulação Energética, que gerou os resultados definitivos de desempenho do projeto.

Estratégias de Sustentabilidade